Anterior
PSP desativou 'explosivo' junto à embaixada de Israel
Seguinte
Tripulantes da SATA desconvocaram greves
Página Inicial   >  Atualidade / Arquivo   >  EUA criticam hostilidade contra os muçulmanos na Europa

EUA criticam hostilidade contra os muçulmanos na Europa

Relatório do Departamento de Estado norte-americano censura também o antisemitismo e, igualmente, a "deterioração significativa" das liberdades religiosas na China e Egito.

agências |
Mulher com burca durante um protesto simbólico contra a proibição desta indumentária, em 2011, junto à Assembleia Nacional, em Paris
Mulher com burca durante um protesto simbólico contra a proibição desta indumentária, em 2011, junto à Assembleia Nacional, em Paris / Getty Images

Os EUA denunciaram hoje o aumento do antisemitismo e da hostilidade em relação aos muçulmanos na Europa, criticando nomeadamente as leis contra a "burca" (véu islâmico integral) em França e na Bélgica.

No relatório do Departamento de Estado sobre a liberdade religiosa no mundo relativo a 2011, hoje divulgado, Washington censura igualmente a "deterioração significativa" das liberdades religiosas na China e critica o Egito por não ter reprimido os ataques contra a minoria cristã copta.

Europa multicultural porém xenófoba


"Os países europeus são cada vez mais diversos em termos étnicos, raciais e religiosos. Estas evoluções demográficas são acompanhadas por vezes de uma subida da xenofobia, do antissemitismo e de sentimentos antimuçulmanos", assinala o relatório.

O Departamento de Estado também destaca "o crescente número de países europeus, entre os quais a Bélgica e a França, cujas leis que restringem o código de vestuário, nomeadamente o uso da burca, têm um efeito desfavorável sobre muçulmanos e outros".

Em França, a lei que proíbe esconder a cara em espaço público foi aprovada pelo parlamento em setembro de 2010 e é aplicada desde 11 de abril de 2011. A Bélgica adotou o mesmo tipo de legislação em julho de 2011.

A semana passada, o comissário para os direitos humanos do Conselho da Europa, Nils Muiznieks, apelou aos governos europeus, citando Paris e Bruxelas, para "renunciarem às leis e medidas visando especificamente os muçulmanos".


Opinião


Multimédia

Edwin. O rapaz que aprendeu a sonhar

O que Edwin sabia sobre a vida era sobreviver. Na cabeça dele não cabiam sonhos e os dias eram passados à procura de comida para ele e para a mãe e para o irmão. A fome espreitava nos cantos da barraca de palha no Quénia e ele escondia-se dela como podia - chupar as pedras era uma forma de a enganar. Mas a sorte dele mudou porque alguém viu nele outra coisa. E tudo começou numa dança. Agora, os mesmos dedos que agarravam as pedras tocam hoje teclas de um piano Bechstein. E os pés dele já não estão nus mas calçados. Com chuteiras. Primeiro no Benfica, agora no Estoril, o miúdo de 15 anos que fala como gente grande descobriu que tinha um sonho: ser futebolista. Como Drogba.

Em três quartos de hora não se esquece só a idade. "Esquece-se o mundo"

Maria do Céu dá três voltas ao lar sempre que pode. Edviges vai a todos os velórios, faz hidroginástica e sopas de letras. António dá um apoio na Igreja e nos escuteiros. Tudo é uma ajuda para passar os dias quando se tornam todos iguais. No Pinhal Interior Sul, a região mais envelhecida da União Europeia, quase um terço da população tem mais de 65 anos. Os mais velhos ficaram, os mais novos partiram.

Profissão: Sniper

O Expresso foi ver como são selecionados, que armas usam, para que missões estão preparados os snipers da Força de Operações Especiais do Exército. São uma elite dentro da elite. Um pelotão restrito. Anónimo. Treinam diariamente com um único objetivo: eliminar um alvo à primeira, mesmo que esteja a centenas de metros. Humano ou material. Sem dramas morais, dizem.

Xarém com conquilhas

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione com esta nova receita.

O que se passa dentro da cabeça dele

O que leva um tipo a quem iam amputando uma perna a regressar ao sítio onde os ossos se desfizeram, uma e outra vez, e testar os limites do seu corpo? Resposta: a busca pelo salto perfeito, que ele diz existir dentro dele e que ele encontrará mais dia menos dia. É a fé e a confiança que o movem e o levam a pular para lá do que é exigido a um campeão olímpico e mundial que não tem mais nada a provar a ninguém - a não ser a ele próprio. Este é um trabalho que publicámos em agosto de 2014, quando o saltador se preparava para os Europeus e falava das metas que tinha traçado para 2015 e 2016: mostrar que não estava acabado. Sete meses depois, provou-o no Europeu de pista coberta em Praga, onde venceu este fim de semana.

Amadeu, que aprendeu o mundo no campo e tinha o coração na ponta dos dedos

Em Portugal, a dedicação à língua mirandesa tem nome próprio: Amadeu Ferreira, o jurista da CMVM que - quando todos diziam que "era uma loucura impossível" - arranjou tempo para traduzir "Os Lusíadas", a "Mensagem", os quatro Evangelhos da Bíblia e ainda duas aventuras do Asterix para uma língua que pertence a um cantinho do nordeste português e é falada por menos de 15 mil pessoas. No final de 2014 deu ao Expresso aquela que viria a ser a sua última entrevista. Morreu no passado domingo e esta quinta-feira foi lançada a sua biografia, "O fio das lembranças", com quase 800 páginas.

Temos 16 imagens que não explicam o mundo, mas que ajudam a compreendê-lo

O júri do World Press Photo queria dar o prémio maior da edição deste ano (e talvez das edição todas) a uma fotografia com "potencial para se tornar icónica". A primeira imagem desta fotogaleria, por ser "esteticamente poderosa" e "revelar humanidade", é o que o júri procurava. A fotografia de um casal homossexual russo, a grande vencedora, é a primeira de 16 imagens de uma seleção onde há Messi desolado, migrantes em condições indignas no Mediterrâneo, a aflição do ébola, mistérios afins e etc - são os contrastes do mundo.

Vamos falar de sexo. Seis portugueses revelam tudo o que lhes dá prazer na cama

Neste primeiro episódio de uma série que vai durar sete semanas, seis entrevistados falam abertamente sobre aquilo que lhes dá mais satisfação na intimidade. Sexo em grupo, sexo na gravidez, prazer sem orgasmo e melhor sexo após a menopausa são alguns dos temas referidos nos testemunhos desta semana. O psiquiatra Francisco Allen Gomes explica ainda a razão de muitas mulheres fingirem o orgasmo. O Expresso e a SIC falaram com 33 portugueses que deram a cara e o testemunho de como são na cama. Ao longo das próximas sete semanas, contamos-lhe tudo.

Elvis. Gostamos ou não gostamos?

Ele não é consensual, mas é incontornável. Dispunha de penteado majestoso e patilha marota, aparentava olhar matador e pose atrevida. E deixou canções: umas fáceis e outras nem tanto, por vezes previsíveis e às vezes inesperadas, ora gentis ora aceleradas. E ele, Elvis, nasceu em janeiro de 1934 - há precisamente 40 anos, ao oitavo dia. Temos quatro textos sobre o artista: Nicolau Santos, Rui Gustavo, Nicolau Pais e João Cândido da Silva explicam o que apreciam, o que toleram e o que não suportam.

A última viagem do navio indesejado

Construído nos Estaleiros de Viana e pensado para fazer a ligação entre ilhas nos Açores, o Atlântida foi recusado pelo Governo Regional por alegadamente não atingir a velocidade pretendida. Contando com os custos associados à dissolução do contrato, o prejuízo ascendeu a 70 milhões de euros. Foi agora comprado a "preço de saldo", para mudar de nome e ser reconvertido num cruzeiro na Amazónia. Fizemos a última viagem do Atlântida e vamos mostrar-lhe os segredos do navio.

Desfile de vedetas

Saiba tudo sobre os modelos concorrentes ao Carro do Ano 2015/Troféu Essilor Volante de Cristal. Conheça o essencial sobre os 20 automóveis participantes nesta iniciativa, da estética, às características técnicas, do preço ao consumo. A apresentação ficará completa no dia 3 de janeiro.

Tudo o que precisa de saber sobre o ébola. Em dois minutos

Porque é que este está a ser o pior surto da história? Como é que os primeiros sintomas se confundem com os de outras doenças? É possível viajar depois de ter contraído o vírus, sem transmitir a doença? E estamos ou não perto de ter uma vacina? O Expresso procurou as respostas a estas e outras dúvidas sobre o ébola.

Desacelerámos a realidade para observar a euforia da liberdade

Ela, Jacarandá, é algarvia. Ele, Katmandu, é espanhol. São linces e agora experimentam a responsabilidade da liberdade: foram soltos esta terça-feira numa herdade alentejana, próxima de Mértola, eles que saíram de centros de reprodução em cativeiro. Foi inédito: nunca tinha acontecido algo assim em Portugal. Estivemos lá e ensaiámos o slow motion.


Comentários 54 Comentar
ordenar por:
mais votados
O Império
Nem membros do tribunal penal internacional quiseram ser.
Dificilmente existirá uma sociedade mais xenófoba, mais racista.
Onde os cidadãos são subdivididos em brancos, latinos e negros ou, eufemisticamente afro-americanos, mesmo nos livros científicos.
Onde a maioria WASP dirige a sociedade.
Onde as cidades têm sítios onde vivem os brancos e sítios onde vivem "os outros".
Em que se encerram doentes psiquiátricos em prisões.
Em que há pena de morte com requinte mediático.
Em que as prisões são escola da crime.
Em que os seus cidadãos são cobaias do Estado (Heroes and Saints e teratogenese, injeção de plutónio, deflagrações nucleares no Nevada com os soldados do exército a ver...
Em que se elimina lixo nuclear em bombas.
Em que se fazem guerras preventivas, com milhões de estropiados civis.
Se não fosse a necessidade de ter um padrão "petrodolar" para cunhar moeda à fartazana, gostava de ver se os sauditas eram assim tão amigos e se se mudavam as chefias do norte de África para os sunitas da Irmandade muçulmana, acólitos da Arábia Saudita e da sua Sharia!
China e USA na Organização Mundial do Trabalho e no mercado monetário de aforro.
Pobre Europa. Se dum lado chove do outro troveja. "Dum lado e do outro a sanguessuga virá!"
Desta armadilha não vais sair tão cedo...
Re: O Império
Re: O Império
Re: O Império + 1 ponto
Re: O Império + 1 ponto
Re: O Império
Tem a sua razão, mas algumas não são exclusivo ...
Re: Tem a sua razão, mas algumas não são exclusivo
Re: Tem a sua razão, mas algumas não são exclusivo
Re: Tem a sua razão, mas algumas não são exclusivo
Re: Tem a sua razão, mas algumas não são exclusivo
Re: Tem a sua razão, mas algumas não são exclusivo
Re: O Império
Re: O Império
Re: O Império
Re: O Império
Re: O Império
Re: O Império
Re: O Império
Relatório Imperial
O Império publica o seu relatório, com comentários e recomendações a todas as partes do Império (o Mundo e arredores, na opinião dos USA).

Estranhamente, os países independentes e civilizados, desde a época em que americanos/europeus andavam entretidos na tarefa de extinguir os povos nativos, usando toda a espécie e armas e enganos, aceitam , cabisbaixos, o raspanete dos selvagens.
Essa aceitação estende-se também à imprensa, sempre a bater com a mão no peito, gritando a sua independência e lucidez.

Faz cá falta o De Gaulle, para dizer aos americanos onde devem meter esse relatório, bem enroladinho.......
Re: Relatório Imperial
Re: Relatório Imperial
Re: Relatório Imperial
lol
Diz o roto ao nu: porque não te vestes tu?
Re: lol
Têm toda a razão

Mas aqui os europeus são uns pelintras que nem têm dinheiro para se armarem convenientemente e terraplanar o Iraque, o Afganistão, o Irão e esses sítios todos de onde vêm os muçulmanos.
Então temos de decretar leis estúpidas a proibir o uso da burka ou a mutilação genital.
É o que dá não se ser empreendedor como os americanos e não resolver os problemas na origem.

Já o caso português é diferente: se bem que o nosso presidente não se chame Cavaco Hussein Silva é muçulmano, ou pelo menos algarvio de gema que é mais ou menos a mesma coisa.
Re: Têm toda a razão
O capitão América tem destas saídas.

O mesmo que inventou os campos de Guántanamo.

O mesmo dos prisioneiros ilegais.

O mesmo que quase recusa um embarque a quem se chame Mustafá.
Para os yankes tratar bem é mandar bombas e míseis
Só mesmo para rir a saída deste relatorio dos americas , eles que em relação aos muçulmanos bombardeiam-los com bombas e mísseis , alem de darem carta branca total aos israelitas para fazerem o que querem com os palestinianos , será que isto para eles é que é tratar bem ?
Mas, o estranho de tudo, por aqui,
é que o Colosso parece não ter mais admiradores! Quando comento alguma coisa, contra ele, de modo particular, pois sempre descubro bons motivos "made in USA" para admirá-los, logo sou nocauteado com a expressão "comuna", "terceiro mundista" e outros adjetivos profusamente pejorativos e, mesmo quando dou uma explicação, na tentativa de fazer-me entender, continuo sendo anti-americano por convicções ideológicas - geralmente de esquerda... Não são todos os comentadores, mas um bom punhado deles e principalmente um certo senhor que vive na terra do Henrique VIII. Vá lá tentar compreender as pessoas... Rio Grande
Não acho que os norte-americanos tenham
antecedentes para, de lá, jogarem ao mundo que são defensores das minorias ... Logo eles!!! Os muros, cercas e caçadas são, de fato, bons motivos para contradize-los. Não reconhecem nenhum tribunal internacional, a não ser os próprios. Não assinam quaisquer protocolos de cunho ecológico. No mundo, usam o sistema do "sheriff" para instalar seus interesses, quaisquer que sejam. Ocupam boa parte do mundo militarmente, incluindo a própria Europa. Exportam seu modelo econômico e político, por meio das armas, quando não convencem pela lábia, dinheiro e outras formas folgadas de ganhar adeptos. Estão simpaticamente aliados aos comunistas, o que seria impensável nos anos setenta. Apoiam ditadores dedicados e derrubam o que têm o ímpeto de pensar por si. Transformam o mundo num galinheiro e o que querem agora? Rio Grande
Esta América pensa que engana alguém
Acham que enganam alguém, acham mesmo que os Muçulmanos vão esquecer tudo e deixar de vos odiar.

Acho que qualquer pessoa deve andar na rua com a cara destapada de maneira a ser conhecida.

Agora um criminoso lembra-se e anda sempre de cara tapada na rua e nunca será reconhecido.
Que lata
Estes americanos estão loucos.

E este relatório logo a seguir ao escândalo dos drones e seus ataques liderados pelo Capitão América de turno ..

É preciso ter lata..
estes cowboys !!!
... cada vez merecem mais , aquilo que tiveram no passado . São os piores terroristas que existem ao cimo da Terra !!! Incendeiam e infernam os paises dos outros sem olharem para o seu umbigo !!! espero ver mais um prédio a cair na terra deles ... só por esse relatório infame e terrorista !!!
Re: estes cowboys !!!
Re: estes cowboys !!!
Ha pessoas que tem espeljos em casa....
Enfim.
Direitos?
Os mulçulmanos devem ter os mesmos direitos que eles dão aos cristãos nos países deles...!!!Nem mais nem menos, equidade e reciprocidade...!!!!
Obama está ao serviço dos muçulmanos.
Obama que não é americano, muito preocupado está preocupado com os seus patrocinadores.
Que os cidadãos de países que ainda tem alguma liberdade a percam é o seu objetivo.
Não brinquem com coisas sérias...
Esta notícia só pode ser uma anedota de mau gosto já que para o 1º. de Abril ainda faltam uns meses largos...
Comentários 54 Comentar

Últimas

Receba a nova Newsletter
Ver Exemplo

Pub