19 de abril de 2014 às 21:35
Página Inicial  ⁄  Economia  ⁄  Espanhóis têm razão - e medo

Espanhóis têm razão - e medo

Oiça o comentário de Nicolau Santos, diretor adjunto do Expresso, sobre a notícia do jornal espanhol "El Mundo" que dá como certo o pedido de ajuda financeira de Portugal à União Europeia.
Comentários 11 Comentar
ordenar por:
mais votados ▼
QUEM É QUE NÃO TEM MEDO DE GATUNOS?
Do insuspeito Diário de Notícias, de ontem, retive esta notícia:

"O GOVERNO GASTOU EM ESTUDOS E PARECERES CINCO VEZES MAIS DO QUE A PARCELA QUE INVESTIU NA CONSTRUÇÃO DOS DEZ ESTÁDIOS DE FUTEBOL DO EURO 2004".
Isto só pode significar o quê?

1. Que os Governantes e seus assessores, são uma cambada de incompetentes, servindo-se do OUTSORCING, para suprir as suas deficiências.
2. Que os governantes e seus assessores, entregam aos amigos, familiares, empresas inventadas à última da hora, a execução de estudos que ninguém lê e não têm qualquer tipo de utilidade. O fito será somente o de subtrair ao erário público, importâncias, que pela sua natureza, são de difícil avaliação, mas dão perfeitamente para dividir por muitos.
Na minha maneira de ver, as duas premissas, são verdadeiras.
É PRECISO E URGENTE CORRER COM ESTAS AVES DE RAPINA DO ERÁRIO PÚBLICO. ... HOJE SE POSSÍVEL..ELES
ROUBAM MILHÕES HÁ HORA...QUANTO MAIS HORAS PASSAREM....PIOR.

Re: QUEM É QUE NÃO TEM MEDO DE GATUNOS? Ver comentário
Re: QUEM É QUE NÃO TEM MEDO DE GATUNOS? Ver comentário
Re: QUEM É QUE NÃO TEM MEDO DE GATUNOS? Ver comentário
Re: QUEM É QUE NÃO TEM MEDO DE GATUNOS? Ver comentário
Re: QUEM É QUE NÃO TEM MEDO DE GATUNOS? Ver comentário
Re: QUEM É QUE NÃO TEM MEDO DE GATUNOS? Ver comentário
Re: QUEM É QUE NÃO TEM MEDO DE GATUNOS? Ver comentário
Re: QUEM É QUE NÃO TEM MEDO DE GATUNOS? Ver comentário
Podemos culpar quem quisermos...
mas a verdade é que a banca geradora da grave crise que nos assolou e assola está ávida de juros altos (refiro-me a toda, aos mercados) e não vai parar porque se verifica que os países estão fracamente unidos. Por outro lado como há Sócrates em todos eles, o mal vai, depois da Islândia, Grécia, Irlanda e em seguida provavelmente Portugal, à Espanha, Bélgica, Itália(?). Não pensemos em que é que cada um de nós influencia a situação e veremos o que nos continuará a acontecer depois de desaparecer o neto do Sócrates.
Desentranhar ... é urgente!
.
PUBLICIDADE
Expresso nas Redes
Pub