21 de abril de 2014 às 15:07
Página Inicial  ⁄  Economia  ⁄  Luxo  ⁄  Encha o depósito do carro... mas em grande estilo

Encha o depósito do carro... mas em grande estilo

Ao preço a que estão os combustíveis, só mesmo uma estação de serviço com personalidade e design para nos distrair no momento de pagar.

Uma estação de serviço que é uma peça única de arquitetura contemporânea.

Dá gosto parar para olhar com atenção para este projeto em Cuneo (Piemonte), Itália - o país do design. O projeto da responsabilidade do gabinete da Damilano Studio Architects.

A certa altura já atestou o depósito, já pagou sem olhar para o valor, e continua a observar atentatmente as linhas depuradas desta obra de arquitetura que marca um segmento onde raramente se investe no design e na beleza das formas.

Um exemplo a seguir em nome do design e da arquitetura e da qualidade dos espaços públicos, muitas vezes autênticos não lugares.

(Fotos: Andrea Martiradonna)

Comentários 1 Comentar
ordenar por:
mais votados ▼
PORQUE SUBIRAM OS COMBUSTÍVEIS POR CÁ?


Os receios em torno da crise da dívida europeia estão a levar os preços do petróleo a cair pela terceira sessão consecutiva. Os participantes do mercado energético aguardam a divulgação dos dados semanais sobre as reservas energéticas dos EUA.
Os contratos futuros de crude WTI para entrega em Agosto, negociados em Nova Iorque, estão a descer 0,60% para 94,58 dólares por barril, ao passo que os futuros de Brent caem 0,55% para os 116,59 dólares por barril.

“A aversão ao risco está bem viva entre os investidores”, diz à Bloomberg Serene Lim, uma estratega do mercado de energia de uma corretora em Singapura. “Tudo roda em torno da crise da dívida europeia e é sobre a Itália que estão todos os holofotes nesta altura”, acrescenta.

A tendência dos preços será de queda nas próximas horas, dizem os analistas, algo que potencialmente poderá ser invertido pela divulgação do relatório mensal da OPEP.

Os investidores aguardam também o relatório mensal da Agência Internacional de Energia, amanhã, bem como os dados semanais sobre as reservas energéticas dos EUA.
PUB
Expresso nas Redes
Pub