Anterior
Maestros: a arte de liderar com um só gesto
Seguinte
Miss América 2011 é a mais jovem a vencer o concurso
Página Inicial   >  Sociedade  >  Gente  >   Empresa compra direitos de imagem de Marilyn Monroe

Empresa compra direitos de imagem de Marilyn Monroe

A empresa americana Authentic Brands Group LLC comprou o direito ao nome e imagem de Marilyn Monroe. Entre os planos estão a venda de produtos com a marca da atriz e uma nova vida no cinema para Marilyn.

|
Os direitos foram comprados à herdeira da atriz, Anna Strasberg, viúva do antigo professor de representação de Marilyn, Lee Strasberg.

Marilyn Monroe pode voltar a estar na moda, agora como marca de produtos vários, como maquilhagem, lingerie e artigos domésticos. O presidente da Authentic Brands Group LLC , Jamie Salter, adquiriu os direitos do nome e imagem da atriz e promete fazer chegar ao mercado novidades com o nome da estrel aplatinada no rótulo.

A Authentic Brands Group, que detém também os direitos da marca Bob Marley, não especificou quanto pagou pelos direitos, mas a imprensa americana fala em valores que rondam os 37 milhões de euros.

Os direitos foram comprados à herdeira da atriz, Anna Strasberg, viúva do antigo professor de representação de Marilyn, Lee Strasberg, que foi beneficiário do seu testamento. Anna Strasberg terá também uma participação minoritária no negócio da venda de produtos com o nome de Marilyn Monroe.

Jamie Salter, em comunicado, referiu que "Marilyn Monroe é identificada em todo o mundo como a encarnação da beleza e do glamour. O seu nome e imagem têm uma capacidade de atração intemporal."

Marilyn Monroe de regresso ao cinema

Por isso mesmo, o empresário quer trazer de novo ao cinema a atriz americana que desapareceu há quase 50 anos. Com recurso às novas tecnologias computorizadas é possível recriar no grande ecrã atores que já tenham morrido. Ao jornal britânico "The Independent" Jamie Salter disse "Por que é que a Lindsay Lohan e a Lady Gaga querem ser a Marilyn Monroe? Porque ela é um ícone, tem estilo, é simplesmente elegante." Salter tem ainda em mente um programa de televisão destinado a encontrar "a próxima 'cara' Marilyn Monroe".

Marilyn Monroe é o nome artístico de Norma Jean Mortenson. Durante a sua curta carreira, participou em 30 filmes, tais como "Os Homens Preferem as Loiras" e "Quanto Mais Quente Melhor". A atriz faleceu a 5 de agosto de 1962, quando tinha apenas 36 anos. O seu corpo foi encontrado na sua casa no bairro de Brentwood, na Califórnia. Ao seu lado estava um frasco de remédios para dormir, o que permitiu manter como causa oficial da morte a overdose por ingestão de medicamentos.

O negócio das celebridades falecidas

A imagem de Marilyn Monroe pode valer milhões, mas existem outras celebridades que continuam também a render. O rei da pop, Michael Jackson, rende mais dinheiro do que qualquer outro artista. Em 2009/2010 o nome de Michael Jackson valeu cerca de 205 milhões de euros, em grande parte devido aos direitos do filme "This Is It!". No ano passado, também o nome de Elvis Presley rendeu uns incríveis 44 milhões de euros, apesar de a estrela ter morrido há mais de 70 anos. Estes valores provêm essencialmente das visitas a Graceland, a residência oficial de Elvis Presley, e do espetáculo do Cirque du Soleil "Viva Elvis" , em Las Vegas.


Opinião


Multimédia

Cheesecake com manjericão e doce de tomate

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Voámos num F-16

Um piloto da Força Aérea voou com uma câmara GoPro do Expresso e temos imagens inéditas e exclusivas para lhe mostrar num trabalho multimédia.

Salada de salmão com sorvete de manga

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Por faróis nunca dantes navegados

São a salvaguarda dos navegantes, a luz que tranquiliza o mar. Há 48 faróis em Portugal continental e nas ilhas. Este é um acontecimento único: todos os faróis e 1830 km de costa disponíveis num mesmo trabalho. Para entendê-los e vê-los, basta navegar neste artigo.

Parecem casulos onde gente hiberna à espera de ver terra

No Porto de Manaus não há barcos, mas autocarros bíblicos que caminham sobre água. Têm vários andares e estão cheios de camas de rede que parecem casulos onde homens, mulheres e crianças aguardam o destino. E há gente a vender o que houver e tiver de ser junto ao Porto. "Como há Copa, tem por aí muito gringo que vem ter com 'nóis'. E então fica mais fácil vender"

O adeus de Lobo Antunes às aulas de medicina

O neurocirurgião deu terça-feira a sua "Última Lição" no auditório do Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, na véspera de deixar o seu trabalho no serviço nacional de saúde.

Jaguar volta a fabricar desportivo dos anos 60

Até ao verão será fabricado um número limitado de desportivos Jaguar E-Type Lightweight, seguindo todas as especificações originais, incluindo a continuação do número de série das unidades produzidas em 1963.

"Naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas"

Mais do que uma manifestação, o 'primeiro' 1º de Maio é recordado como a grande festa da Revolução dos Cravos, quando o povo saiu às ruas em massa e a união das esquerdas era um sonho possível. "O 1º de Maio seria mais uma primeira coisa, porque naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas." Foi há 40 anos.

Este trabalho não foi visado por qualquer comissão de censura

Aquilo que hoje é uma expressão anacrónica estava em relevo na primeira página do "República", a 25 de Abril de 1974: "Este jornal não foi visado por qualquer comissão de censura". Quarenta anos depois da Revolução, veja os jornais, ouça os sons e compreenda como decorreu o "dia inicial inteiro e limpo", como lhe chamou Sophia. O Expresso falou ainda com cinco gerações de 40 anos e percorreu a "geografia" das Ruas 25 de Abril de todo o país, falando com quem lá mora. Veja a reportagem multimédia.


Comentários 0 Comentar

Últimas

Ver mais

Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub