Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

ZON quer quinto canal de televisão

A empresa admite a entrada de parceiros no projecto do quinto canal de televisão de acesso gratuito.

A ZON Multimédia confirmou que se vai candidatar a uma licença para um quinto canal de televisão de âmbito nacional, generalista, de acesso não condicionado.

"A decisão da ZON de se candidatar a uma licença de televisão FTA (televisão de acesso gratuito) reflecte o reforço da aposta estratégica da empresa nos mercados portugueses de conteúdos, multimédia e telecomunicações", diz a empresa em comunicado.

A ZON, que controla a TV Cabo, deixa ainda em aberto a possibilidade de entrada no capital do novo canal de parceiros nacionais e internacionais.O início das operações do novo canal deverá ocorrer em 2010, até 12 meses após a concessão da licença.

"O modelo proposto para o novo canal tem em consideração as actuais circunstâncias dos mercados de televisão de acesso livre e por subscrição em Portugal e as rápidas transformações que têm registado. Reflecte também a actual situação macroeconómica e as perspectivas de evolução do mercado publicitário nacional", acrescenta a ZON.