Siga-nos

Perfil

Economia

WorldGMC

Estratégias agressivas

Ao longo das diversas fases do Global Management Challenge, a equipa Católica Porto Bs_Dubai tem sido surpreendida com a competitividade da concorrência.

São cinco os elementos que compõem a formação Católica Porto Bs_Dubai e conheceram-se num programa intensivo geral em gestão, na Universidade Católica Portuguesa. Foi aí que experimentaram simulações de gestão e foi o primeiro passo para participarem na 38.ª edição do Global Management Challenge.

Joana Vinhas, líder da equipa, conta que até aqui “aprendemos que estratégia dá trabalho e muito. Temos aprendido a gerir cada vez melhor as nossas expetativas e com isso, temo-nos tornado mais capazes de responder a este ambiente dinâmico e incerto”. Acrescenta ainda que são constantemente “surpreendidos por estratégias mais agressivas ou defensivas pelos concorrentes, o que nos fez ganhar uma sensibilidade ao longo do jogo que inicialmente não tínhamos”.

Com formações tão diferentes como direito, engenharia química, economia e engenharia mecânica, os elementos desta equipa, com idades entre os 22 e 42 anos, estão familiarizados com gestão de equipas e recursos. “A competição dá-nos uma visão mais ampla do que é a realidade de uma empresa, somos responsáveis por todas as áreas de negócio e tem a mais-valia de permitir lidar com os resultados do ponto de vista do acionista”, finaliza Joana Vinhas.