Siga-nos

Perfil

Economia

WorldGMC

Testar capacidades de gestão

Para os estudantes participar nesta prova é uma oportunidade para perceber como é que a teoria universitária funciona na prática.

Cristiana Alves, Diogo Pereira, Rui Miranda e Tomás Murcela, são estudantes de engenharia mecânica do Instituto Superior Técnico e têm idades compreendidas entre os 25 e os 27 anos. Formam a equipa Accenture Diversitas e foi a vontade de saber mais sobre gestão e testar as suas capacidades nesta área que os motivou a integrar este evento.

“É um desafio e uma oportunidade de testar as nossas capacidades, numa competição voltada para as pessoas da área da gestão, fugindo assim da nossa zona de conforto”, explica Rui Miranda, chefe da equipa.

Os conceitos aqui presentes, não são estranhos para estes jovens, “simplesmente não temos a oportunidade de aplicar este conhecimento com regularidade". Acrescenta que o facto de poderem errar sem comprometer a integridade financeira de uma empresa real é uma oportunidade de aprendizagem. E na sua perspetiva o que já aprenderam nesta competição, será útil para o seu futuro, na medida em que “existe uma linha de tendência de um engenheiro a longo prazo se tornar gestor. Além disso esta aprendizagem poderá ser útil num negócio próprio que queiramos vir a criar”, finaliza.