Siga-nos

Perfil

Economia

WorldGMC

Conhecer melhor uma empresa

Saber mais sobre gestão e liderança são aprendizagens que José Almeida e António Vasconcelos esperam retirar da sua participação no Global Management Challenge.

Tanto José Almeida, chefe da equipa Fidelidade Dividendsharkes, como António Vasconcelos, chefe da equipa Fidelidade Fidnees estão a participar pela primeira vez no Global Management Challenge. Das formações que lideram fazem parte trainees da Fidelidade.

Para José Almeida integrar esta prova significa “aprender a liderar equipas, no final do dia sou eu o chefe, apesar de acabarmos por interagir todos da mesma forma numa lógica de brainstorming”. Acrescenta que será também um desafio saber mais sobre diferentes áreas, em especial aquelas com que não tem tanto contacto diário, como marketing e produção e ver como estão todas interligadas. “Conseguimos ter uma visão geral sobre o negócio e isso é algo que nem sempre é possível ter no nosso dia a dia”, salienta.

Na perspetiva de António Vasconcelos ao participar no Global Management Challenge vai “passar a ter uma ideia do que são os problemas reais que podemos encontrar no mercado”. Isto apesar de na competição se estar perante uma simulação. Acredita que um profissional quanto mais abrangente for, ainda que tenha a sua área específica, melhor será. E nesse aspeto esta competição é útil pelo panorama que dá da totalidade da gestão de uma empresa.

Quanto a resultados José Almeida quer ter uma estratégia, executá-la e com alguma sorte passar da primeira volta. Já António Vasconcelos salienta que isto é um competição onde na fase de treino deu para ver que a estratégia pode fazer a diferença e que o importante é jogar e deixar rolar.