Siga-nos

Perfil

Economia

WorldGMC

A prova vista pelo Brasil

  • 333

Quando em 1981 o Global Management Challenge partiu para a internacionalização, foi pelo Brasil que começou. Jefferson Medeiros representou este país na final internacional de 2015 e conta como foi possível à sua equipa atingir o terceiro lugar da tabela classificativa.

“É um grande aprendizado a interação com outros países e é uma experiência incrível estar numa final internacional porque no cenário brasileiro encontramos pessoas do nosso nível e aqui elevamos a fasquia um pouco mais”, explicou Jefferson Medeiros no evento internacional da edição de 2015 do Global Management Challenge, que decorreu em abril, no território de Macau.

Na sua opinião e perante a concorrência que teve de enfrentar, nesta competição sobressai quem se prepara melhor. No caso da equipa brasileira e para chegar ao terceiro lugar da tabela classificativa contou com a ajuda de participantes que já tinham passado por esta experiência internacional e deram conselhos de atuação importantes.

Para Jefferson Medeiros os brasileiros trabalham de uma maneira mais agressiva e numa final internacional, de uma forma ou de outra, todos os países arriscam um pouco mais para obterem o melhor resultado. Durante o período de jogo a sua formação delineou uma estratégia e a partir daí discutiu em conjunto qual o melhor caminho a seguir.

Em jeito de balanço Jefferson Medeiros revelou ainda neste evento internacional que o “Global Management Challenge é uma competição que me fez crescer bastante, aprendi a trabalhar com outras pessoas e com a diversidade”.