Siga-nos

Perfil

Economia

WorldGMC

Um complemento à formação

  • 333

André Borges está a participar pela terceira vez numa edição do Global Management Challenge. Na sua opinião e para um estudante a competição funciona como um complemento aos conhecimentos adquiridos na universidade.

“Apesar de já conhecer as mecânicas de jogo, participar no Global Management Challenge é sempre uma experiência única devido à competitividade envolvida“ explica André Borges, membro da equipa ESSILOR/FCULGMC e aluno do quinto ano do mestrado integrado em engenharia da energia e do ambiente da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa.

Num curso de engenharia como o que André Borges frequenta as matérias relacionadas com gestão e economia são dadas de forma superficial. “Com a participação na competição aprendemos muito mais aprofundadamente a gerir uma empresa, o que poderá ser uma realidade no futuro. Passamos a ter também a noção do que é o mercado e da economia que nenhuma outra ferramenta virtual nos conseguiria proporcionar”, salienta este participante.

Para André Borges a criação e manutenção de uma empresa é uma realidade que se tornou mais viável com a participação no Global Management Challenge. Nesta medida considera que esta participação pode torna-se numa vantagem competitiva no acesso ao mercado de trabalho, perante outros candidatos que não tiveram à sua disposição ferramentas empíricas de aprendizagem tão boas como a manutenção virtual de uma empresa. Acrescenta que a formação complementar que a prova proporciona “permite-nos ter um currículo mais completo, para que possamos fazer parte de uma empresa e sejamos uma parte indispensável dessa mesma empresa”.