Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Vendas da Amazon cresceram 15% no primeiro trimestre

  • 333

O grupo Amazon manteve os resultados líquidos no vermelho

FOTO PHILIPPE HUGUEN/AFP/Getty Images

A companhia norte-americana de venda online faturou mais de 21 mil milhões de euros no primeiro trimestre deste ano, mas o resultado líquido traduziu-se ainda num prejuízo equivalente a 53 milhões de euros.

Miguel Prado

Miguel Prado

Jornalista

A multinacional de comércio online Amazon registou no primeiro trimestre deste ano vendas de 22,72 mil milhões de dólares, ou 21,14 mil milhões de euros, num aumento de 15% em comparação com o mesmo período do ano passado.

A Amazon teve também um crescimento de 74% no seu resultado operacional no primeiro trimestre, que se cifrou em 255 milhões de dólares, o equivalente a 237 milhões de euros, segundo as contas agora apresentadas ao mercado.

Apesar desta melhoria, o grupo manteve os resultados líquidos no vermelho, tendo no período de janeiro a março um prejuízo de 57 milhões de dólares (53 milhões de euros), pouco mais de metade das perdas registadas no primeiro trimestre do ano passado.

O presidente executivo da Amazon, Jeff Bezos, sublinhou, no comunicado de resultados, que a Amazon ainda é "um negócio a crescer rápido, na verdade em aceleração".

Para o segundo trimestre a Amazon espera que as suas vendas cresçam entre 7% e 18%, mas o resultado operacional deverá ser negativo, devido à amortização de ativos e à remuneração acionista.