Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Transportes públicos não aumentam em 2015

O critério utilizado pelo Governo foi o desempenho da inflação, que serve de referência para calcular os preços dos títulos cobrados aos utentes dos transportes públicos

Tiago Miranda

Governo ponderou até descer os preços dos transportes públicos, mas a inflação de outubro fez optar pela manutenção das tarifas.

O Governo decidiu manter os preços dos transportes públicos em 2015, uma decisão que já foi comunicada ao regulador, a Autoridade da Mobilidade e dos Transportes, avança a edição desta quarta-feira do "Correio da Manhã".

O critério utilizado foi o desempenho da inflação, que serve de referência para calcular os preços dos títulos cobrados aos utentes. Entre fevereiro e setembro deste ano, a inflação homóloga manteve-se negativa, mas em outubro passou a zero, segundo dados do Instituto Nacional de Estatística. Aliás, em novembro fixou-se, pelo segundo mês consecutivo, nesse mesmo patamar.

As portagens também não deverão ficar mais caras. 

Em cima da mesa esteve uma descida das tarifas, mas essa opção foi abandonada devido à evolução da índice de preços. Aliás, as transportadoras já se tinham manifestado contra essa hipótese, apesar da queda do preço dos combustíveis, já que estão a recuperar a margem negocial perdida nos últimos anos.