Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Somague estreia-se na Irlanda do Norte com obra de €178 milhões

  • 333

A ampliação da universidade é o maior projeto atualmente em curso na Irlanda do Norte e transformará a paisagem da zona norte de Belfast

DR

Construtora portuguesa vai ampliar e remodelar a Universidade de Ulster, em Belfast, uma obra que se arrastará por 45 meses.

A Somague coleciona a sua primeira obra na Irlanda do Norte. A construtora vai participar na ampliação da Universidade de Ulster, em Belfast, uma empreitada de 132 milhões de libras (178 milhões de euros). O prazo de execução é de 45 meses.

Este contrato "surge na sequência de um exigente processo de pré-qualificação, no qual apenas três concorrentes foram selecionados", refere a Somague em comunicado. 

A Somague está aliada à empresa irlandesa Lagan, detendo 50% do consórcio. A ampliação da universidade é o maior projeto atualmente em curso na Irlanda do Norte e transformará a paisagem da zona norte de Belfast.

Dois novos blocos

A intervenção no campus envolve uma área de 66.000 m2 de construção, incluindo a execução de dois novos blocos e a renovação de outros dois já existentes. A renovação será faseada e ocorrerá durante as férias escolares.

Os blocos a construir têm alturas que variam entre quatro e 12 pisos. O projeto incluiu a construção de uma nova ponte entre os blocos e a transferência de equipamentos de um outro campus universitário  (Jordanstown) para as novas instalações.

A Somague já executara obras na República da Irlanda, como a construção das infraestruturas para o Metro ligeiro em Dublin ou a autoestrada entre Castletown e Nenagh. Esta empreitada marca agora a estreia no mercado da Irlanda do Norte, "solidificando a sua estratégia de internacionalização".

Esta adjudicação enriquece a carteira de obras da Somague que, no fim de 2014, valia 1,1 mil milhões de euros.