Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Sobrinho diz que era sócio da Akoya com 22% do capital

António Cotrim Lusa

"Eu e o Hélder Batáglia (presidente da Escom) somos acionistas da Akoya com 22% do capital cada um", esclareceu Álvaro Sobrinho, ex-presidente do BES Angola na Comissão de Inquérito GES/BES. A Akoya é a empresa no centro do caso Monte Branco.

Anabela Campos e Isabel Vicente

A Akoya, recorde-se, é a empresa que está no centro da investigação judicial do caso Monte Branco, uma alegada rede que permitia uma saída ilegal de capitais de Portugal, com fuga ao fisco e branqueamento de capital.

"Fui convidado para ser acionista da Akoya, uma empresa que agora está em em liquidação", disse o gestor angolano. Helder Batáglia, acionista e presidente da Escom, foi quem convidou Álvaro Sobrinho para ser acionista da Akoya. Sobrinho esclarece que era acionista, mas nunca pertenceu aos órgaos sociais da Akoya. Entre os acionistas da Akoya está também a advogada Ana Bruno.

Aos deputados, Álvaro Sobrinho, disse que queria esclarecer o que era a Akoya. "A Akoya não é o Monte Branco, representa apenas 2,3% do Monte Branco", frisou. A Akoya, disse foi criada, em 2009.

A Escom opera em Angola desde 1996, explicou Sobrinho, e foi comprada pela Newsgroup, com a garantia de que mais tarde a Sonangol compraria a NewsGroup. O negócio de venda da Escom acabou por ficar apenas pelo contrato de compra e venda, sem que tenha sido concluído, mas apenas pago um sinal de 85 milhõesao Grupo Espírito Santo, nomeadamente à Espírito Santo Ressource. A Newsgroup é uma empresa de Álvaro Sobrinho. 

A Newsgroup pagou um sinal que representava 15% do negócio global de compra da Escom, um negócio que ascendia 700 milhões de dólares. Quem avalou a Escom no âmbito deste negócio foi o BESI. O sinal não foi devolvido. "Foi o escritório de advogados da Ana Bruno que (assessourou) a assinatura do contrato de compra da Escom", avançou. Mas, assegurou, o general Leopoldino Nascimento, Hélder Dias Vieira (Kopelipa) e Manuell Vicente não assinaram este contrato.