Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Saúde: Governo aprova hoje aumento das taxas moderadoras

Na reunião do Conselho de Ministros vão também ser discutidos os critérios de isenção das taxas.

O aumento das taxas moderadoras na saúde é aprovado hoje em Conselho de ministros, já que a troika determinou o mês de setembro como limite para a implementação da medida.

O ministro da Saúde levará também hoje a discussão os critérios de isenção das mesmas, que actualmente abrange mais de metade da população.

Segundo o jornal "Diário Económico", esta medida, que deverá incidir mais no acesso às urgências do que no acesso aos centros de saúde, poderá render aos cofres do Estado €400 milhões por ano.

Paulo Macedo assegurou, publicamente, que as taxas vão continuar a ser moderadoras e não co-pagamentos.