Expresso

Siga-nos

Perfil

Perfil

Economia

Ricardo Salgado critica regras de intervenção na banca

  • 333

Presidente do BES defende que o modelo de intervenção do Estado para a capitalização da banca não vai aumentar o grau de confiança dos mercados.

O presidente do Banco Espírito Santo (BES), Ricardo Salgado, criticou hoje as regras do modelo de intervenção do Estado para a capitalização da banca, considerando que não vão aumentar o grau de confiança dos mercados.

"O intervencionismo não vai aumentar o grau de confiança, não vai contribuir para que o mercado português tenha acesso aos mercados mais rápido", afirmou Ricardo Salgado, durante a cerimónia de entrega dos prémios Exportação & Internacionalização, promovida pelo BES e pelo Jornal de Negócios.

O presidente do BES criticou o modelo que está em cima da mesa, afirmando que se prevê que a intervenção seja feita "através de ações ordinárias com direitos especiais, uma espécie de 'golden share'".