Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

'Querido, Mudei a Bolsa' precisa-se. Urgente

  • 333

A Euronext criou equipa para atrair empresas. A viver a pior fase dos últimos 30 anos, a Bolsa tenta sobreviver. Muitas cotadas são zombies. Ex-presidentes da Bolsa pedem ação.

O processo estava todo preparado. Tínhamos o dossiê pronto para ir para a Bolsa", diz Mário Ferreira, proprietário da Douro Azul. "Fomos duas vezes à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) a reuniões e recebemos elogios à forma como a empresa era gerida. Depois, tudo caiu". A empresa anunciou em 2010 que pretendia ir para o mercado de capitais mas não chegou a ir. "O nosso banco achava que havia melhores formas de financiamento". O banco era o BES.

A empresa de cruzeiros no Douro continuou com o seu plano de negócios. Mas agora financiado pela banca. Mário Ferreira diz que o BES não era o único banco a ter este comportamento. "Não me entusiasmaram muito para ir para a Bolsa. Mas senti e notei que outros bancos faziam o mesmo. Preferiam manter do seu lado as boas empresas, em vez de as ajudar a ir para a Bolsa". A montagem do processo custou à Douro Azul €200 mil. "Só posso estar grato ao banco porque me conseguiu o financiamento. Mas foi negativo para o mercado de capitais", diz Mário Ferreira.

Ex-presidentes da Bolsa pedem ação

A quebra de confiança no mercado de capitais português, na sequência dos escândalos empresariais recentes, exige medidas já. Quatro ex-presidentes da Bolsa apontam o que pode ser feito para atrair empresas e investidores para a Bolsa. O quanto antes. Para o bem do crescimento económico. Até porque a planeada criação de um Mercado Único de Capitais não deverá ocorrer no muito curto prazo.  

Leia mais na edição deste fim-de-semana.