Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

"Quer tirar lã aos outros e acaba tosquiado", diz Portas ao deputado José Magalhães

  • 333

FOTO Alberto Frias

Paulo Portas irritou-se com o deputado socialista José Magalhães. Diz que " é igualzinho à deputada Ana Gomes" por se escudarem na imunidade parlamentar para lancar calúnias no caso dos submarinos. E afirma que não favoreceu o BES e que o negócio de compra dos submarinos foi melhor do que o da compra de helicópteros feita pelo governo socialista.

Paulo Portas acusou os deputados socialistas José Magalhães e Ana Gomes de se escudarem na imunidade parlamentar para lancar calúnias contra ele no caso da compra de submarinos.

E sublinhou que a Justiça já se pronunciou sobre o tema. "Faça o favor de ter respeito por isso" disse Portas a José Magalhães na comissão parlamentar de inquérito ao caso GES/BES. Acusou ainda a deputada Ana Gomes de ter cometido "fraude" por ter "inventado" palavras e atribuindo-as a Portas, numa transcricão de uma  conversa envolvendo o vice-primeiro-ministro sobre o negócio e que conteria erros.

Sublinhou que a compra dos submarinos foi mais vantajosa para o contribuinte do que a aquisição de helicópteros pelo governo socialista. "Quer tirar lã e acaba tosquiado" afirmou portas dirigindo-se a José Magalhães na comissão de inquérito ao caso GES/BES.

"Os senhores, num governo socialista, mandaram comprar helicopteros a uma taxa de financiamento Euribor mais 150 pontos base. Nós protegemos mais o interesse público do que vôces", disse o vice-primeiro-ministro.

Frisou que "se quisesse favorecer o BES teria aceite uma proposta que facialmente apontava para os 19 basis points mas vistos os anexos com todo o cuidado apontavam para um valor superior".