Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Pilatus deslocaliza para a Polónia

A OGMA (Indústria Aeronáutica de Portugal) pode ver fugir a fabricação do avião Pilatus PC-12 para a Polónia.

Alexandre Coutinho (www.expresso.pt)

Na sequência de um contrato de contrapartidas pela venda de 17 aparelhos PC-12 à Força Aérea polaca, a Pilatus Aircraft firmou uma parceria com a PZL Swidnik (recentemente adquirida pela AgustaWestland) para a montagem de fuselagens e asas destes aviões. O contrato com a empresa polaca tem uma duração de 10 anos e prevê a entrega das primeiras estruturas a partir da segunda metade de 2011.

O construtor suíço justifica o estabelecimento de uma segunda parceria com as perspectivas de futura expansão dos níveis de produção do PC-12, mas garante a manutenção do actual contrato de fabricação com a OGMA, pelo menos, até 2012.

Assinado no final de 2007, por um período de cinco anos, o contrato de produção do Pilatus PC-12 foi avaliado em 80 milhões de euros e assegura o emprego directo a 300 trabalhadores.

O PC-12 é um avião que pode assumir várias configurações, do transporte executivo com capacidade para nove passageiros à vigilância aérea e ao serviço de ambulância, passando pelo transporte de carga. Dado tratar-se de um turboprop monomotor, o seu custo de operação é significativamente inferior ao de um avião a jacto com as mesmas dimensões. Até á data, cerca de 1000 aeronaves PC-12 já foram produzidas em Alverca.