Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Pedro Silva Pereira lembra que PEC foi aprovado em Bruxelas

O ministro da Presidência afirmou hoje que Portugal "precisa de dar sinais de toda a determinação na execução do Programa de Estabilidade e Crescimento (PEC)", apelando a uma "co-responsabilização".

O ministro da Presidência afirmou hoje que Portugal "precisa de dar sinais de toda a determinação na execução do Programa de Estabilidade e Crescimento", apelando a uma "co-responsabilização" de todos no sentido de credibilizar a economia portuguesa no exterior.

Pedro Silva Pereira lembrou que o PEC foi "aprovado" em Bruxelas e foi "elogiado como sendo credível", salientando também que os sinais atuais, "quer na frente da execução orçamental nos primeiros três meses do ano e das receitas do mês de abril, quer "os dados relativos à economia portuguesa do primeiro trimestre são dados positivos e que são convergentes com os cenários e estimativas do Governo".

O ministro da Presidência falava aos jornalistas à entrada para a cerimónia de entrega do Prémio Pessoa 2009 ao Bispo do Porto, D. Manuel Clemente, onde também está presente o presidente da República.

*** Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico ***

Clique para ler a Nota da Direcção do Expresso sobre o novo Acordo Ortográfico.