Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

PCP quer saber quem beneficiou de amnistia fiscal

O partido comunista pediu que o banco de Portugal entregue todas as declarações dos contribuintes que recorrem ao programa de amnistia fiscal RERT, no âmbito da comissão de inquérito ao caso BES. Ricardo Salgado e outros membros do conselho superior do Grupo Espírito Santo aderiram ao programa. O PCP quer também conhecer os valores declarados.

O partido comunista pediu que o banco de Portugal entregue todas as declarações de contribuintes que aderiram ao programa de amnistia fiscal RERT de que beneficiaram Ricardo Salgado, José Manuel Espírito Santo e Manuel Fernando Espírito Santo Silva.

O pedido foi feito no âmbito da comissão de inquérito ao caso BES. O PCP quer saber quem beneficiou e quais os "valores envolvidos e outros dados que possam ter interesse relevante nos trabalhos da comissão".