Expresso

Siga-nos

Perfil

Perfil

Economia

"O euro é irreversível", diz presidente do Banco Central

  • 333

Presidente do BCE não tem dúvidas: a Europa tem de manter a moeda única, custe o que custar.

O euro é "irreversível" e o Banco Central Europeu (BCE) não tem qualquer tabu quando se trata de agir para preservá-lo, assegurou hoje o presidente da instituição, Mario Draghi, numa entrevista concedida ao jornal Le Monde.

"O euro é irreversível", afirma Mario Draghi na entrevista ao Le Monde, citada pela agência AFP.

"A preservação do euro faz parte do nosso mandado" e, para fazê-lo, "estamos abertos e não temos tabus", acrescentou o presidente do BCE.

Draghi recordou que o BCE baixou recentemente a taxa de juro diretora da zona euro para 0,75%, um novo mínimo, e disse que se a instituição identificar riscos de deflação vai tomar medidas. "Se constatarmos esses riscos de deflação, agiremos", disse.