Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Novo Banco com peso na administração da Oi

  • 333

O conselho de administração da brasileira Oi vai ter quatro administradores portugueses, e dois são do Novo Banco, o maior acionista da PT SGSP.

Anabela Campos

Francisco Cary e Jorge Cardoso são os dois administradores do Novo Banco que vão ter lugar no novo conselho de administração da Oi, em representação da PT SGPS, que detém cerca de 27% da operadora brasileira. Os outros representantes da PT SGPS na Oi serão Rafael Mora e Vítor Gonçalves (independente).

O Novo Banco, recorde-se, herdou a posição do BES na PT e depois ficou com 2,5% que pertenciam à Ongoing, no âmbito de uma execução de dívida. Rafael Mora fica na Oi com representante da RS Holding, empresa que controla a Ongoing.

O novo conselho de administração da Oi, que estará em funções até ao dia 31 de dezembro de 2017, continuará a ser presidido pela José Mauro da Cunha.

É um conselho de administração bastante diferente do previsto em maio de 2014, quando a fusão dava o seu passo fundamental e ainda não era conhecida a aplicação ruinosa de 897 milhões de euros da Rioforte. Nessa altura constava da lista o nome da Henrique Granadeiro, que seria vice-presidente, Amilcar Morais Pires (BES), José Maria Ricciardi (BESI) e Nuno Vasconcellos (Ongoing). Zeinal Bava era na altura presidente da comissão executiva.