Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Notação da Grécia passa a "lixo" e de Portugal baixa

A agência de notação Standard & Poor's acaba de baixar o rating da dívida soberana da Grécia para o nível de "lixo" e a de Portugal baixou para A-.

Jorge Nascimento Rodrigues (www.expresso.pt)

Com o reforço da posição da Grécia no primeiro lugar do risco de bancarrota à escala dos 66 países monitorizados, a agência de notação de crédito Standard & Poor's (S&P) acaba de baixar o rating da dívida soberana grega de BBB+ para BB+, ou seja para o que já é considerado "lixo", ou no jargao "junk bonds".

Papeis aflitos

Esta classificação é como uma linha vermelha nos mercados financeiros: significa que a S&P dá sinal aos grandes investidores institucionais que correm o risco de, ao suportar emissões gregas ou de terem em carteira títulos e obrigações dessa proveniência, estarem a adquirir ou manter "papeis aflitos" (como se chamava no sec. XIV e XV), sem garantia no futuro.

Esta notação está já abaixo dos mínimos exigidos pelo Banco Central Europeu (que a título excepcional, devido à crise, tinha baixado o mínimo para BBB-). A S&P mantém o outlook sobre a dívida grega em negativo. Neste momento, o diferencial de condições de crédito entre a Grécia e a referência alemã é já superior a 7%.

Portugal com A-

Também, devido à subida vertiginosa do risco relativo à dívida soberana portuguesa (que já conduziu Portugal para o 6º lugar do clube mundial), a S&P baixou a notação de A+ para A-.

Aguardam-se as decisões das duas outras agências de rating mais influentes, a Moody's e a Fitch.