Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Nordeste do Brasil promove-se em Portugal

Uma mega-campanha de 2,3 milhões de euros, vai promover aquela região do Brasil na TV Cabo e a bordo dos aviões da TAP

Conceição Antunes, em Pernambuco, no Brasil (www.expresso.pt)

As autoridades brasileiras do turismo anunciaram hoje na BNTM (Brazil National Tourism Mart), uma feira sobre o Nordeste para operadores internacionais, em Porto de Galinhas (estado de Pernambuco), uma mega-campanha que, nos próximos sete meses, vai ser lançada em nove países, entre os quais Portugal

Promover o Nordeste do Brasil no exterior de forma conjunta é o objectivo da nova campanha, onde vão ser investidos 5,2 milhões de reais (cerca de 2,3 milhões de euros). "Perdemos décadas nas velhas brigas entre estados, chegou a hora de juntar forças", salientou Paulo Câmara, secretário do Turismo.

"Não podemos apresentarmo-nos na Europa e dizer: isto é o Rio Grande do Norte, isto é o Piauí, aquilo é Alagoas. Isso é estupidez, é jogar dinheiro fora, como se fez durante muito tempo", frisou ainda Eduardo Campos, governador do estado de Pernambuco. 

A nova campanha do Nordeste brasileiro vai incluir a transmissão de programas em canais de TV Cabo, na Europa e América Latina, em que serão os próprios turistas os guias da viagem pela região. "Vamos estar com a TAP, em 55 mil voos, durante os meses de Maio e Junho", adiantou Bismark Maia, um dos fundadores da BNTM e presidente da associação Adit Nordeste. Os centros comerciais serão outro alvo da campanha do Nordeste.

"O ponto alto será uma campanha na Eurosport, que vai para o ar durante a taça do mundo de futebol na África do Sul", anunciou ainda Bismark Maia. O Brasil, que vai acolher o Campeonato do Mundo de futebol em 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016, vive momentos de grande euforia e de forte expectativa em relação ao desenvolvimento turístico."Vamos dar saltos importantíssimos com estes eventos. E o Brasil enfrenta o desafio de ser visto pelo mundo com outros olhos", lembrou na ocasião Jeanine Pires, presidente da Embratur, o instituto brasileiro de turismo.

"No final do mundial de futebol, vamos lançar uma grande campanha internacional do Brasil", avançou Mário Moisés, vice-ministro do Turismo do Brasil, que assume estar com os olhos postos na "década de ouro do turismo do Brasil, que eu tenho a certeza que será uma realidade".