Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Multinacional suíça reforça produção de máquinas de café em Torres Vedras

  • 333

A Eugster Frismag fabricou em exclusivo máquinas de café de cápsula para a Nespresso. Mas o contrato cessou há três anos. O produto regressa agora para um cliente português, ainde desconhecido.

A  multinacional suíça Eugster Frismag vai reforçar a produção na sua base portuguesa, em Torres Vedras. A fábrica, que se dedica à produção de máquinas de café para exportação, já este ano vai operar no mercado interno, abastecendo uma das principais marcas portuguesas de cápsulas de café.

O contrato conduz à instalação uma nova linha de produção para fabricar mais 100 mil máquinas e faturar mais dois milhões de euros. A empresa não revelou o nome da marca.

A empresa da multinacional suíça fabricou em exclusivo máquinas de café de cápsula para a Nespresso, a primeira marca a aparecer no mercado com aquele tipo de máquinas. Mas o contrato cessou há três anos. O produto regressa agora para um cliente português.

Atualmente, a base fabril está vocacionada para a produção de máquinas automáticas de café. A empresa "está numa fase de desenvolvimento da engenharia do próprio produto e deveremos iniciar as primeiras montagens em junho, começando nessa altura a produzir máquinas de cápsulas em fase experimental. A produção em série está prevista para outubro, novembro", referiu à Lusa o diretor-geral João Cachatra.

Em maio, a  Frismag concluirá as obras de um projeto de ampliação faseado, no valor de  seis milhões de euros. A ampliação resultara da necessidade de aumentar a capacidade produtiva, depois da celebração de um importante contrato com a marca alemã Jura, para o fabrico de máquinas automáticas.

Em 2014, a empresa de Torres Vedras exportou 78 milhões de euros para mercados europeus e ainda China, Coreia e Austrália. Emprega 650 trabalhadores (740 no pico de maior produção) - 80% são mulheres.