Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Multinacionais criam 1200 empregos em centros de serviços

  • 333

Escritórios da Mercer, em Lisboa.

Luis Barra

O contributo mais importante será dado pela Concentrix, que anunciou que vai abrir em Matosinhos um centro de suporte técnico e comercial multilíngue, que vai criar 500 postos de trabalho até ao final de 2015.

João Ramos

João Ramos

Jornalista

As multinacionais continuam a eleger Portugal para instalar centros de competência nearshore (transferência de processos de negócio e de projetos para países próximos).

As últimas intenções de investimento vão permitir criar este ano mais de 1200 postos de trabalho. O contributo mais importante será dado pela Concentrix que anunciou que vai abrir em Matosinhos um centro de suporte técnico e comercial multilíngue que vai criar 500 postos de trabalho até ao final de 2015, a juntar a outra unidade que a empresa já dispõe em Braga e que emprega 450 pessoas. 

"Pretendemos contratar pessoas com boas competências linguísticas (espanhol, inglês, alemão, francês e russo). Após formação inicial, oferecemos uma oportunidade de carreira", refere Ahmed Aboulez, diretor da operação portuguesa da Concentrix, que tem como clientes grandes multinacionais do Fortune 500 das áreas  como entretenimento e equipamentos móveis. O gestor não confirma, mas o Expresso sabe que entre os clientes da Concentrix em Portugal está a Apple.  

 Leia mais na edição deste fim de semana