Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Morais Pires sobre a PT: "Nunca tomei a iniciativa para sugerir investimento na Rioforte ou ESI"

José Caria

Ex-responsável financeiro do BES era também administrador não executivo da PT. E diz que seguia as "orientações" dadas por Ricardo Salgado

Sónia M. Lourenço

Amílcar Morais Pires, ex-responsável financeiro do BES, questionado pelos deputados sobre o investimento de 900 milhões de euros da PT em dívida da Rioforte e da ESI - holdings do grupo Espírito Santo - garantiu na comissão parlamentar de inquérito que "nunca tomou a iniciativa para sugerir investimento na Rioforte ou na ESI junto de qualquer membro da comissão executiva" da PT.

Amílcar Morais Pires era também administrador não executivo da PT, que tinha o BES como um dos principais acionistas.

Questionado pelos deputados sobre quem negociou então esse investimento, respondeu que "do lado do banco só podia ser o Dr. Ricardo. Do lado da PT não sei".

Mais tarde disse ainda que "a PT não era um pelouro de Morais Pires ou Joaquim Goes", os administradores da PT em representação do acionista BES. As posições seguidas na PT "eram decisões da comissão executiva e as orientações eram dadas pelo presidente da comissão executiva", afirmou. Ou seja, Ricardo Salgado.

o que "não me coíbe de assumir as responsabilidades de nunca me ter rebelado contra as ordens", concluiu. 

O não pagamento dos 900 milhões de dívida das holdings do GES em que tinha investido deflagrou a crise na PT.