Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Morais Pires: "Já todos concluímos que o Dr. Ricardo Salgado devia ter saído mais cedo"

Ex-responsável financeiro do BES diz na comissão parlamentar de inquérito que Ricardo Salgado "nunca podia ser responsável pela blindagem do BES."

Sónia M. Lourenço

"Já todos concluímos que o Dr. Ricardo Salgado devia ter saído mais cedo" da presidência do BES, afirmou Amílcar Morais Pires, ex-responsável financeiro do BES, na comissão parlamentar de inquérito.

E justificou aos deputados: "Ele nunca podia ser responsável pela blindagem do BES" em relação só grupo Espírito Santo.

De acordo com o responsável, o BES perdeu 6,8 mil milhões de euros de depósitos entre 30 de junho e 28 de julho, centrando a sangria de depósitos sobretudo a partir de 10 de julho 

"O BES perdeu 6,8 mil milhões de euros de depósitos entre 30 de junho e 28 de julho", disse Amílcar Morais Pires.

O ex-administrador do BES disse que as perdas se concentraram a partir de 10 de julho: 5,8 mil milhões desse total. Posteriormente a 28 de julho, disse não ter informação.

Resolução do BES foi determinante para a revogação da garantia soberana? "Eu acho" diz Morais Pires

Amílcar Morais Pires, ex-responsável financeiro do BES, em resposta a uma questão da deputada Ana Paula Vitorino.

"Acha que o processo de resolução do BES foi determinante para a revogação da garantia soberana de Angola?", perguntou a deputada socialista.

Em causa estava a garantia do Governo de Angola aos créditos do BES ao Banco Espírito Santo de Angola, no valor de 5,7 mil milhões de dólares.