Expresso

Siga-nos

Perfil

Perfil

Economia

Merkel garante que os europeus estão unidos

  • 333

A chanceler alemã afirmou que "por mais que sejam os desafios atuais, os europeus estão unidos" e deu como exemplo o legado do ex-presidente francês Charle De Gaulle.

A chanceler alemã, Angela Merkel, evocou hoje o legado do ex-presidente francês Charle De Gaulle perante os desafios que tem atualmente a Europa e recordou os progressos de integração conseguidos desde o fim da II Guerra Mundial.



Angela Merkel falava no ato comemorativo do cinquentenário da amizade franco-alemã em Ludwigsburg (sudoeste de Alemanha), o lugar onde De Gaulle pronunciou em setembro de 1962 um discurso em que assegurou que o futuro da Europa estava nas mãos da juventude francesa e alemã.



"Quando De Gaulle fez o seu discurso, eu tinha 8 anos, vivia em Brandeburgo, na antiga RDA, o muro de Berlim tinha um ano e a divisão das duas Alemanhas parecia cimentada", disse Merkel.



"Nessa altura, a ideia de eu estar a falar aqui algum dia como chanceler de uma Alemanha unida era uma utopia irrealizável", acrescentou.



Angela Merkel adiantou que "tudo o que foi possível até agora, tem a ver com o processo de integração que se iniciou com os tratados de Roma", advertindo que "por mais que sejam os desafios atuais, os europeus estão unidos".