Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Medo leva Bolsa grega a afundar 11%

Atenas está de novo no centro das atenções. A antecipação das eleições presidenciais pode levar a eleições legislativas e colocar no poder o partido anti-resgate que lidera as sondagens. A Bolsa já esteve a cair 11% e os juros da dívida soberana disparam no mercado.

A Bolsa grega afunda mais de 10% e os juros da dívida soberana da Grécia seguem a disparar no mercado, perante receios de uma eventual mudança de governo no país.

O governo anunciou a antecipação das eleições presidenciais em dois meses. Se o primeiro-ministro, Antonis Samaras, não conseguir que o seu candidato seja eleito, pode levar a eleições legislativas. O partido radical de esquerda Syriza lidera as sondagens. A primeira volta das presidenciais acontece a 17 de dezembro.

Entre as ações gregas que mais descem estão as do Attica Bank que recuam 23% enquanto outros títulos recuam mais de 16%, segundo dados da Thomson Reuters.

Os juros das Obrigações gregas a 10 anos seguiam a subir meio ponto percentual (perto de 8%) às 12H50 para 7,8%.

As restantes Bolsas europeias seguem a perder mais de 1%. Em Lisboa, o índice PSI-20 desvaloriza 1,8%.