Expresso

Siga-nos

Perfil

Perfil

Economia

Maior banco europeu implicado em lavagem de dinheiro

  • 333

Responsáveis do HSBC vão ser ouvidos hoje e pedir desculpa ao Senado norte-americano por terem permitido a passagem de grandes somas de dinheiro suspeitas, nomeadamente, de advirem do narcotráfico mexicano

Alexandre Costa (www.expresso.pt)

Uma investigação de um ano do senado norte-americano revelou hoje que o fraco controlo sobre o HSBC, nos Estados Unidos, permitiu que o maior banco europeu tivesse ficado exposto à lavagem de dinheiro dos cartéis de droga mexicanos, assim como a potenciais transacções ilícitas com países como o Irão, Síria, Ilhas Cayman e Arábia Saudita.

O senado ouve hoje executivos do HSBC que vão pedir desculpa pelo sucedido e prestar esclarecimentos sobre a situação, assim como dar garantias de alterações entretanto efetuadas de modo a que situação não se repita.

Em causa estão transacções de bilhões de dólares efectuadas entre 2001 e 2007 através de da HBUS, principal filiada da HSBC nos Estados Unidos, sem garantias que os dinheiros envolvidos não proviessem de actividades ilícitas como o narcotráfico ou o terrorismo.

Segundo o relatório hoje divulgado pelo senado norte-amerciano, os responsáveis do banco não agiram perante a falha de controlo, apesar de terem tido consciência da situação.