Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Lucro do Santander cai 7%

O Santander Totta ganhou 131,1 milhões de euros no primeiro trimestre do ano diminuindo os resultados 7,3% face a igual período de 2009. Para isso contribuiu a queda da margem financeira e a redução da exposição no Banco Caixa Geral Totta de Angola.

Isabel Vicente (www.expresso.pt)

Os lucros do Santander Totta decresceram no primeiro trimestre do ano 7,3% ascendendo a 131,1 milhões de euros.

Os recursos dos cliente subiram 3,8%. Mas o destaque vai para o crescimento dos recursos fora do balanço que cresceu 20%, com os fundos de investimento a crescerem 37% e os seguros de capitalização, 6%. Já os depósitos registaram um decréscimo de 2,8%. 

Já o crédito total concedido caiu marginalmente 0,2% influenciado pela queda do crédito concedido a grandes empresas e institucionais onde o corte foi de 16,6%. Considerando o crédito a particulares e PME o aumento foi de 2,6%, com destaque para o aumento do crédito ao consumo a particulares e negócios de PME.

O decréscimo nos resultados do banco presidido pro Nuno Amado, deve-se sobretudo à evolução desfavorável da margem financeira que caiu 11,7%, face a igual trimestre de 2009. O banco destaque o facto dizendo que "a margem financeira obtida no primeiro trimestre de 2009 tinha sido excepcionalmente elevada, beneficiando não só do desfasamento temporal entre o reprincing dos créditos e a descida da euribor como também dos resultados obtidos com as coberturas da sensibilidade da margem financeira". 

Outro dos factores que contribuiu para a queda dos lucros do Santander totta no trimestre foi a redução da exposição no Banco Caixa Geral Totta de Angola. O banco refere que excluindo este impacto, a redução dos lucros teria sido de 5,5% e não 7,3%.  A rentabilidade dos capitais próprios (ROE) desceu para 19,1%