Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Há nove mil milhões à espera dos agricultores

Entre ajudas diretas à produção e apoios ao investimento, os agricultores têm à sua espera uma verba a utilizar até 2020.

Entre as ajudas diretas que irão receber e os apoios ao investimento, nos próximos sete anos os agricultores têm à sua espera nove mil milhões.

Mas não é tudo pois, pela primeira vez, não irá haver uma interrupção na injecção de dinheiro nos projectos agrícolas entre o final do atual Quadro Comunitário de Apoio - que está no último ano de aplicação - e o início do próximo.

A adesão ao actual Proder - Programa de Desenvolvimento Rural, que apoia a implantação de novos negócios, está a ser de tal ordem que já estão comprometidas a totalidade das verbas, sendo que a execução está nos 75%, pela primeira vez acima da média comunitária que, ronda os 72%.

Leia mais na edição de 26 de outubro do Expresso