Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Grécia paga mais €580 milhões ao FMI

  • 333

s Os leilões de março são de especial importância para o Governo de Alexis Tsipra, porque Atenas enfrenta um mês decisivo em termos de liquidez, com numerosos pagamentos calendarizados e sem poder receber das instituições que formavam a antiga troika

YANNIS KOLESIDIS/EPA

A Grécia pagou esta segunda-feira uma nova tranche do empréstimo do Fundo Monetário Internacional. Março é um mês crucial em termos de liquidez.

A Grécia pagou esta segunda-feira ao Fundo Monetário Internacional (FMI) a terceira tranche (580 milhões de euros) do empréstimo que terá de liquidar este mês àquele organismo. A confirmação foi dada por uma fonte do Ministério das Finanças grego, citada pela agência EFE.

A Grécia tem de pagar ao FMI na próxima sexta-feira a quarta tranche no valor de 350 milhões de euros e outra de 460 milhões a 13 de abril. Já este mês, o país devolvera ao FMI as duas primeiras tranches, no valor de 658 milhões de euros.

Entretanto, na próxima sexta-feira vence-se uma emissão de 1600 milhões de euros em Bilhetes do Tesouro, que será substituída por uma nova emissão a três meses que a agência de gestão da dívida pública grega lançará esta quarta-feira.

Os leilões de março são de especial importância porque Atenas enfrenta um mês decisivo em termos de liquidez, com numerosos pagamentos calendarizados e sem poder receber das instituições que formavam a antiga troika.

O Governo grego tem de pagar até ao final de abril 2600 milhões de euros em salários e pensões, outros 2400 milhões de euros em ajudas sociais e gastos da Segurança Social e 1100 milhões de euros em juros.

O BCE recusou repetidamente os pedidos do executivo grego para aumentar o teto de emissão de bilhestes do Tesouro que está fixado em 15.000 milhões de euros.