Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Granadeiro identifica a "originalidade que poderá ter sido a causa de equívocos e prejuízos"

  • 333

FOTO MARCOS BORGA

A PT passou a ter, a partir de junho de 2013, uma comissão executiva e dois presidentes, o que pode ter "causado equívocos", afirmou Henrique Granadeiro, ex-presidente da PT SGPS, na comissão parlamentar de inquéito do BES.

Anabela Campos e Pedro Santos Guerreiro

"Houve [a partir de junho de 20013] uma comissão executiva e dois presidentes na PT, originalidade esta que poderá ter sido a causa de equívocos e prejuízos", referiu Henrique Granadeiro, ex-presidente da PT SGPS, durante a sua declaração inicial na comissão parlamentar de inquérito ao BES, esta quarta-feira.

Antes, Henrique Granadeiro explicou que Zeinal Bava tinha-se tornado presidente da Oi em junho de 2013, acumulando o cargo de presidente da PT Portugal. Nessa altura, Henrique Granadeiro assumia o cargo de presidente executivo da PT SGPS. Ou seja, a PT, diz Granadeiro, tinha dois presidentes, o que pode ter criado confusões.

Granadeiro lembrou que entrou na PT em 2002. Foi presidente executivo entre 2006 e 2008 e presidente do conselho de administração entre 2008 e 2013.