Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Granadeiro contraria Bava e diz que tesouraria passou para a PT Portugal a 10 de abril

  • 333

FOTO MARCOS BORGA

A questão é relevante porque Granadeiro tem dito que só é responsável pela aplicação de 200 milhões de euros na Rioforte, de um total de 897 milhões.

Anabela Campos e Pedro Santos Guerreiro

Henrique Granadeiro afirmou esta quarta-feira na comissão parlamentar de inquérito ao colapso do BES que a gestão de tesouraria da PT SGPS passou para a PT Portugal a 10 de abril, dias antes de ter sido feita a aplicação de €897 milhões na Rioforte que veio a revelar-se fatal. As aplicações na Rioforte foram feitas a 15 e 17 de abril. 

Já Zeinal Bava garantiu na semana passada, na mesma comissão parlamentar de inquérito, que a tesouraria da PT SGPS só passou para a PT Portugal a 5 de maio de 2014, no âmbito do aumento de capital da Oi, que selava a fusão entre as duas operadoras. 

A questão é relevante porque Granadeiro tem dito que só é responsável pela aplicação de 200 milhões de euros na Rioforte. Os restantes 697 milhões, afirma, foram aplicados pela PT Finance, já quando estava sob domínio da PT Portugal, presidida por Zeinal Bava. Na semana passada, Bava assegurou também que não sabia - nem tinha de saber - das aplicações na Rioforte.