Siga-nos

Perfil

Economia

Comentário Diário

Bolsas voltaram às quedas

Os índices encerram a sessão em queda, depois de três dias consecutivos em alta. O índice nacional terminou inalterado, o espanhol IBEX menos 0,61% e o alemão DAX cedeu 0,89%. Nos Estados Unidos, o Dow Jones Industrial recuou 1,61%, o S&P 500 menos 2,07% e o Nasdaq Composite perdeu 2,17%.

Itália e Espanha decidiram alargar o prazo da proibição das vendas a descoberto (Short Selling). Em Espanha a medida permanecerá até que surjam melhores condições de mercado. Em Itália e França a proibição foi alargada até 11 de Novembro.

A Comissão Europeia apresentou uma proposta para a introdução de um imposto sobre as transações realizadas entre instituições financeiras. A taxa será cobrada quando pelo menos uma das partes envolvidas na transação estiver localizada na União Europeia. Esta medida foi classificada pela Comissão Europeia como uma contribuição justa. Se a medida for aprovada irá entrar em vigor em 2014 e representará um valor anual de 57 mil milhões de euros.

O parlamento finlandês aprovou a expansão dos poderes do Fundo Europeu de Estabilização Financeira (FEEF). No entanto, o primeiro-ministro finlandês referiu que está bastante confiante que a Zona Euro vai concordar em fornecer garantias à Finlândia em troca dos empréstimos à Grécia. Na Alemanha a votação irá ser efectuada hoje e conta, como é óbvio, com o apoio da chanceler alemã.

Destaque de hoje para a divulgação do Produto Interno Bruto dos Estados Unidos (segundo trimestre do ano) e dos pedidos inicias de subsídio de desemprego da semana passada.









Teresa Pereira
Departamento de Consultoria e Research da Golden Broker