Siga-nos

Perfil

GIC - Global Investment Challenge

GIC 2015

Experimentar estratégias

  • 333

Ana Paula Raimundo explica o que espera aprender no Global Investment Challenge (GIC) 2015/16.

A participar pela segunda vez no GIC Ana Paula Raimundo, de 37 anos e bancária de profissão conta que nesta competição espera "aprender como o mercado reage à divulgação de indicadores e notícias, bem como experimentar algumas estratégias de investimento".

Até agora a sua estratégia tem passado "um pouco por tentar acompanhar a tendência do mercado, estar longa se estiver a subir e curta se estiver a descer, com uma utilização de margem razoável, ou seja, fazendo a gestão entre tentar ganhar muito e permitir flutuações de alguma amplitude contrária". Na sua opinião o desempenho podia ser melhor, mas tem tido algum receio em arriscar pois os mercados apresentam uma volatilidade muito elevada para o que era habitual. Já experimentou aplicar o capital fictício disponível na prova em contratos diferenciais (CFD) sobre índices, mas agora está a apostar no mercado cambial.

Para Ana Paula Raimundo o GIC é o melhor simulador da realidade, mas sem risco real. Permite aprender e testar estratégias. "Gosto deste tipo de iniciativas que permitem ter um 'acesso virtual' a este tipo de mercados", finaliza.