Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Fisco arrecada mais de €50 milhões com inspeção surpresa aos stocks das empresas

Correção dos stocks das empresas feita na quarta-feira conduz a uma receita entre os 50 e os 100 milhões de euros.

A Operação Stocks, uma inspeção do Fisco aos bens armazenados nas empresas, deverá conduziu a uma receita entre os 50 e os 100 milhões de euros. A redução em 30% das mercadorias das 10 mil empresas inspecionadas na quarta-feira leva a uma correção do IVA e IRC.

Ontem, a Autoridade Tributária (AT) colocou no terreno 2034 funcionários a inspecionar os inventários de 10.131 empresas de norte a sul do país. Os primeiros resultados indicam que as empresas estavam a declarar um volume de bens em stock 30% acima da realidade.

A operação foi o primeiro passo de um conjunto de ações que o Fisco vai intensificar em 2015, através da inspeção dos bens e mercadorias reportadas.

O cruzamento dos dados, entre o sistema e-fatura e a comunicação de guias de transporte, permitiu detetar indícios de divergências entre as mercadorias em stock e as vendas comunicadas às Finanças. Na mira dos inspetores tributários estiveram os sinais de empolamento de stocks e inventários e de subfaturação.

O Orçamento do Estado para 2015 vai obrigar as empresas a fazer o inventário das mercadorias que possuem em armazém, discriminando as respetivas quantidades e a remeter toda esta informação à AT até 31 de janeiro de cada ano.