Expresso

Siga-nos

Perfil

Perfil

Economia

Estados Unidos são Tio Patinhas da vida real

  • 333

As reservas de ouro de Portugal caíram para 382 toneladas em 2006, valor que não sofreu alterações até ao presente

MICHAL CIZEK/AFP/Getty Images

EUA, Alemanha e Itália ocupam o pódio dos países com maiores reservas de ouro. Na classificação ibérica, Portugal está em ligeira vantagem. 

Expresso

É preciso juntar todo o ouro de Alemanha, Itália e França para bater os números impressionantes das reservas dos Estados Unidos. Se retirarmos os germânicos da equação, só os norte-americanos têm mais ouro do que Portugal, Espanha, Itália, França, Suíça e Rússia todos juntos (8133 toneladas contra 7683 toneladas).

Segundo estes números, divulgados pelo site de notícias norte-americano Business Insider, a Rússia viu as suas reservas crescerem exponencialmente desde fevereiro, subindo dois lugares na tabela, deixando chineses e suíços para trás. Em 2013, a China superou a Índia e tornou-se no maior consumidor de ouro em todo o mundo.

As reservas de ouro de Portugal caíram das 606 para as 382 toneladas no período compreendido entre 2000 e 2006, valor que não sofreu alterações até ao presente. A vizinha Espanha também acompanhou esta tendência, embora detenha atualmente menos cem toneladas de ouro do que Portugal.

Diversos bancos centrais mundiais compraram 118 toneladas de ouro líquido no segundo trimestre de 2014, o que representa um crescimento anual de 28%, de acordo com o World Gold Council.

Em maio de 2014, o Banco Central Europeu e outros bancos centrais na Europa assinaram o quarto Central Bank Gold Agreement (CBGA). O acordo entra em vigor a 27 setembro, com uma duração prevista de cinco anos, e refere que os bancos centrais "atualmente não têm intenções de vender quantias significantes de ouro".

De acordo com o último relatório do World Gold Council, publicado este mês, o stock global deste metal precioso ronda neste momento as 32 mil toneladas.

Eis o top-10 dos países com mais reserv as de ouro, mula lista divulgada pelo de notícias norte-americano Business Insider:

1.º Estados Unidos

Detenção total de ouro: 8133,5 toneladas

Percentagem de reservas estrangeiras em ouro: 71,9%

2.º Alemanha

Detenção total de ouro: 3384,2 toneladas

Percentagem de reservas estrangeiras em ouro: 68,4%

3.º Itália

Detenção total de ouro: 2451,8 toneladas

Percentagem de reservas estrangeiras em ouro: 67%

4.º França

Detenção total de ouro: 2435,4 toneladas

Percentagem de reservas estrangeiras em ouro: 65,1%

A França vendeu 572 toneladas de ouro no decurso do segundo CBGA.

5.º Rússia

Detenção total de ouro: 1094,7 toneladas

Percentagem de reservas estrangeiras em ouro: 9,7%

6.º China

Detenção total de ouro: 1054,1 toneladas

Percentagem de reservas estrangeiras em ouro: 1,1%

7.º Suíça

Detenção total de ouro: 1040 toneladas

Percentagem de reservas estrangeiras em ouro: 8%

8.º Japão

Detenção total de ouro: 765,2 toneladas

Percentagem de reservas estrangeiras em ouro: 2,5%

9.º Holanda

Detenção total de ouro: 612,5 toneladas

Percentagem de reservas estrangeiras em ouro: 54,3%

10.º Índia

Detenção total de ouro: 557,7 toneladas

Percentagem de reservas estrangeiras em ouro: 7,3%