Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

"Era difícil não perceber que as reuniões estavam a ser gravadas, quando o gravador estava em cima da mesa"

FOTO JOSÉ VENTURA

Ricardo Salgado disse esta terça-feira na Comissão Parlamentar de Inquérito que não sabia que as reuniões do Conselho Superior estavam a ser gravadas. José Maria Ricciardi, ouvido no Parlamento a seguir a Salgado, diz o contrário. 

Anabela Campos e Isabel Vicente

Palavra de Ricciardi: "Era difícil não perceber que as reuniões estavam a ser gravadas, quando o gravadores estava em cima da mesa, em frente a José Castela", o administrador que fazia a ponte entre Ricardo Salgado e o contabilista da Espírito Santo International, Francisco Machado da Cruz.

Ricardo Salgado sublinhou esta terça-feira na comissão parlamentar de inquérito ao caso BES que as reuniões eram informais e que havia, por vezes, excessos de linguagem. Já Ricciardi diz que as reuniões eram gravadas para depois serem passadas para ata.

O presidente do BESI explicou, no entanto, que a partir de certa altura as atas deixaram de ser escritas - ficavam apenas gravadas.