Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

EDP eleita a elétrica mais sustentável do mundo

A Energias de Portugal (EDP) foi nomeada, pelo segundo ano consecutivo, como a empresa líder no índice Dow Jones Sustentabilidade.

A Energias de Portugal (EDP) foi nomeada, pelo segundo ano consecutivo, como a empresa líder no índice Dow Jones Sustentabilidade, sendo ainda reconhecida como líder mundial na vertente da Dimensão Social, anunciou hoje a EDP.

"É o reconhecimento de uma estratégia de consistência e de capacidade de valorização da companhia, na vertente económica, social e ambiental. Traduz a capacidade de criar vantagens competitivas e diferenciadoras", afirmou em comunicado o presidente da EDP, António Mexia.

"É uma boa notícia para os acionistas, para quem cá trabalha, para os clientes e para as comunidades onde atuamos", acrescentou o gestor.

Dimensão Social distinguida

A presença da EDP no Dow Jones Sustentabilidade World Index (DJSI World) e no European Dow Jones Sustentabilidade Europe Index (DJSI Europe) vai já no quarto ano consecutivo. Este ano, a empresa obteve uma classificação de 86 pontos, subindo 2 pontos em relação ao ano de 2010, sendo ainda distinguida como líder mundial na Dimensão Social.

"O bom desempenho da empresa neste domínio foi também reconhecido com a recente entrada para o FTSE4Good Index Series", lê-se no comunicado da EDP, que informou também que "na Dimensão Económica, a EDP continua a ser uma das melhores empresas do setor. De salientar a manutenção da pontuação máxima no critério 'Risk & Management'".

De acordo com a EDP, a melhoria da sua posição na Dimensão Ambiental "corresponde a uma melhoria do alinhamento com as melhores práticas e é o resultado dos esforços que têm sido desenvolvidos, quer na área da biodiversidade e da gestão ambiental, quer na estratégia relativamente a alterações climáticas. Destaca-se a pontuação máxima nos critérios de Biodiversidade e Alterações Climáticas".

Processo de avaliação

Num conjunto de 22 critérios, a EDP tem a melhor prática em 10 critérios e atingiu a pontuação máxima em 6.

A inclusão nos índices Dow Jones de Sustentabilidade é feita através de um rigoroso processo de avaliação realizado pelo SAM Group que incorpora, nomeadamente, um questionário com 116 questões e onde são apreciados, e evidenciados os aspetos fundamentais das três dimensões do Desenvolvimento Sustentável: Económica, Ambiental e Social.

Já o FTSE4Good Index Series é um índice que avalia a sustentabilidade das empresas cotadas em bolsa. Este índice existe há cerca de 10 anos diferenciando-se dos índices Dow Jones pelas dimensões da sustentabilidade consideradas e pela forma da sua avaliação: Apenas são avaliadas as dimensões ambientais e sociais e a componente do governo corporativo na dimensão económica.

A avaliação é feita a um pouco mais de 2.300 empresas, das quais menos de metade são qualificadas para serem incluídas no índice.