Siga-nos

Perfil

Economia

Energia

Sahara ilumina Europa daqui a cinco anos

Electricidade produzida no deserto do Sahara começará a chegar à Europa daqui a cinco anos. É a passagem à prática do projecto Desertec.

Vítor Andrade (www.expresso.pt)

A garantia foi dada há poucos dias por Guenther Oettinger, comissário europeu para a Energia. Essa será uma das vias para garantir que a Europa possa atingir em 2020 a meta dos 20% de energia proveniente de fontes renováveis.

Depois de um encontro com os ministros da Energia de Marrocos, Tunísia e Argélia, Guenther Oettinger, disse que as primeiras centenas de megawatts de elctricidade limpa produzida no deserto do Sahara começarão a ser transportadas para o sistema eléctrico europeu até 2015.

O comissário disse ainda que tudo começará por pequenos projectos, mas que rapidamente se evoluirá para centrais solares fotovoltaicas e eólicas de grande dimensões, aptas a produzir e exportar milhares de megawatts de energia eléctrica.

No total estão previstos investimentos da ordem dos €400 mil milhões a um prazo de 20 a 40 anos.

Os países do norte de África exportarão energia para a Europa mas, em contrapartida, terão que importar do Velho Continente, máquinas, tecnologia, ferramentas e mão-de-obra especializada. "Uma verdadeira parceria, e não apenas um negócio de compra e venda", rematou Guenther Oettinger.