Siga-nos

Perfil

Economia

Energia

EDP antecipa em oito meses arranque de nova barragem no Brasil

  • 333

DR

O grupo presidido por António Mexia já iniciou a produção de eletricidade na barragem de Cachoeira Caldeirão, um empreendimento no qual foram investidos 342 milhões de euros

A EDP já arrancou com a produção de energia na nova barragem de Cachoeira Caldeirão, no Brasil, antecipando em oito meses o prazo inicialmente previsto para a operação do empreendimento.

A barragem, que tem uma potência de 219 megawatts (MW) e resulta de um investimento de 342 milhões de euros, situa-se no Estado do Amapá e é controlada conjuntamente pela EDP Brasil e pela China Three Gorges (maior acionista da EDP).

“Esta é a segunda central hidroelétrica que entregamos antes do prazo e dentro do orçamento previsto desde 2014. A primeira foi a central de Santo António do Jari, com capacidade de 373,4 MW”, sublinhou, em comunicado, o presidente da EDP Brasil, Miguel Setas.

A barragem de Cachoeira Caldeirão começou a ser construída em agosto de 2013. Tem três grupos produtores, que somam 219 MW, e vem elevar para 2800 MW a capacidade global de produção de eletricidade que a EDP tem no mercado brasileiro.