Siga-nos

Perfil

Economia

Energia

EDP reforça frota de carros elétricos

A empresa recebeu esta sexta-feira mais 25 viaturas elétricas da Nissan e admite que em toda a sua frota há potencial para chegar aos 750 automóveis elétricos

Miguel Prado

Miguel Prado

Jornalista

A EDP recebeu esta sexta-feira 25 veículos Nissan Leaf, que permitem à empresa ampliar para cerca de uma centena de unidades a sua frota de automóveis elétricos e híbridos, a que se somam algumas viaturas movidas a gás.

As viaturas entregues à EDP pela Nissan, numa sessão do Museu da Eletricidade, serão colocadas ao serviço de várias empresas do grupo EDP e têm uma autonomia de 199 quilómetros.

Segundo Rui Teixeira, administrador da EDP com o pelouro da sustentabilidade, o grupo ainda não dispõe de números que permitam comparar os gastos dos seus veículos elétricos com os que têm motores de combustão. "O que temos analisado com esta frota é a redução de emissões. Esta frota mostra o nosso compromisso de descarbonização da economia", sublinhou o gestor.

Atualmente a maior parte da frota de carros elétricos da EDP é composta por veículos do modelo Nissan Leaf. A EDP admite reforçar o número de automóveis movidos a energia elétrica, já que 750 dos seus 2500 veículos percorrem anualmente menos de 20 mil quilómetros, o que os torna elegíveis para serem substituídos por viaturas elétricas.

"Vemos um potencial de crescimento que é a renovação da frota atual", afirmou Rui Teixeira, explicando que, à medida que os veículos mais antigos forem sendo substituídos, a EDP considerará a possibilidade de a troca ser feita por um elétrico.

No âmbito do seu envolvimento na mobilidade elétrica a empresa presidida por António Mexia já desenvolveu várias iniciativas, entre as quais parcerias com 12 fabricantes de automóveis elétricos que permitem aos primeiros 500 compradores de carros deste tipo beneficiarem de eletricidade grátis para percorrer 15 mil quilómetros.