Siga-nos

Perfil

Economia

Energia

REN lucrou 116 milhões de euros em 2015

  • 333

O resultado líquido da empresa presidida por Rodrigo Costa melhorou 3%, no que o gestor classificou como "um ano bom para a REN"

Miguel Prado

Miguel Prado

Jornalista

A REN - Redes Energéticas Nacionais encerrou 2015 com um resultado líquido positivo de 116,1 milhões de euros, mais 3% do que o lucro obtido no ano anterior.

O presidente da REN, Rodrigo Costa, classificou 2015 como "um ano bom para a REN". "Foi um ano em que não tivemos eventos negativos relevantes", sublinhou o gestor na conferência de imprensa de apresentação de resultados.

Ainda assim, o administrador financeiro da REN, Gonçalo Morais Soares, sublinhou que a contribuição extraordinária da energia, que custa 25 milhões de euros por ano à empresa, continua a ter "um impacto elevado" nas contas da REN. Um impacto parcialmente mitigado pela melhoria dos resultados financeiros, num contexto de redução das taxas de juro.

Excluindo efeitos extraordinários, o lucro da REN teria sido de 118,1 milhões de euros e ficaria 15,9% abaixo do resultado comparável de 2014.

O EBITDA (resultado antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) recuou 3,1%, para 489,7 milhões de euros, informou a empresa.

A REN contabilizou ainda em 2015 um investimento de 240,4 milhões de euros, mais 77 milhões do que em 2014. A dívida líquida, por seu turno, cresceu 1,2%, para 2465 milhões de euros.