Siga-nos

Perfil

Economia

Energia

EDP Renováveis encaixa €392 milhões em novo negócio com a China Three Gorges

  • 333

Empresa portuguesa vende 49% dos seus negócios na Polónia e em Itália à Three Gorges, que já tinha tomado posições em ativos do grupo EDP em Portugal, no Brasil e na Escócia

A EDP Renováveis firmou um novo acordo de venda de participações minoritárias nos seus ativos, alienando, desta vez, 49% dos seus parques eólicos na Polónia e em Itália. O comprador foi a China Three Gorges, que também já tinha adquirido 49% dos ativos da EDP Renováveis em Portugal.

A transação, anunciada esta segunda-feira em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), permitirá à EDP Renováveis encaixar 392 milhões de euros. A carteira de ativos vendidos à China Three Gorges equivale a uma capacidade de 598 megawatts (MW), aqui se incluindo parques eólicos já em operação mas também alguns que estão ainda a ser construídos.

O negócio está ainda sujeito à obtenção das autoridades competentes, nomeadamente as ligadas à concorrência. A EDP Renováveis prevê que a operação seja concluída no primeiro semestre de 2016.

Este acordo surge no âmbito da parceria estratégica que a EDP estabeleceu no final de 2011 com a China Three Gorges, por ocasião da entrada da companhia asiática no capital da elétrica portuguesa (comprou 21,35% ao Estado). Essa parceria previa que a Three Gorges viesse a investir 2 mil milhões de euros em projetos e ativos de energias limpas do grupo EDP.

A China Three Gorges já havia tomado posições minoritárias nas operações da EDP Renováveis em Portugal, no Brasil e na Escócia e agora fica também com quase metade do negócio da empresa na Polónia e em Itália.