Siga-nos

Perfil

Economia

Energia

EDP completa programa de venda de ativos com dois anos de avanço

  • 333

A EDP Renováveis firmou nos Estados Unidos um novo acordo de venda de uma posição minoritária nos seus parques eólicos, conseguindo elevar para 800 milhões de euros o encaixe acumulado desde o ano passado com transações deste género

Miguel Prado

Miguel Prado

Jornalista

A EDP já superou o objetivo de encaixar 700 milhões de euros com a venda de participações minoritárias nos seus ativos de energias renováveis, uma meta que tinha sido traçada para o ano 2017, quando o grupo apresentou, em 2014, a sua estratégia de médio prazo.

Em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a EDP Renováveis revela ter concretizado uma operação de venda dos interesses económicos num conjunto de parques eólicos nos Estados Unidos da América (EUA). As participações vendidas equivalem a 340 megawatts (MW) de capacidade numa carteira de ativos com 1002 MW de capacidade total.

Em causa estão sete parques eólicos, sendo que mais de metade da sua potência já está em operação e a que não está ainda operacional começará a produzir energia até ao final deste ano.

O comprador das participações minoritárias nestes parques eólicos da EDP Renováveis foi um consórcio de investidores liderado pela Axium Infrastructure, companhia à qual o grupo português já vendeu outras posições minoritárias em ativos seus no passado.

Segundo o mesmo comunicado, esta transação eleva para 800 milhões de euros o valor total já recebido pela EDP, em termos acumulados, ao abrigo do seu plano de venda de participações minoritárias nos seus projetos.

"Ao superar o objetivo de 700 milhões de euros, a EDP Renováveis poderá investir adicionalmente na sua estratégia de crescimento baseado no desenvolvimento de projetos competitivos com visibilidade a longo prazo", nota a EDP.