Siga-nos

Perfil

Economia

Energia

Portugal cai no ranking dos sistemas energéticos mais sustentáveis do mundo

  • 333

Lista dos países mais sustentáveis no uso da energia continua a ser liderada pela Suíça, tendo Portugal caído do 25º para o 34º lugar entre 130 mercados analisados pelo World Energy Council

Miguel Prado

Miguel Prado

Jornalista

Todos os anos o World Energy Council (Conselho Mundial de Energia) elabora a lista dos países com os sistemas energéticos mais sustentáveis do mundo, numa análise que tem colocado a Suíça no topo da tabela. Portugal este ano caiu nove posições, surgindo agora em 34º lugar, entre os 130 países analisados.

O ranking desta entidade leva em linha de conta critérios como a segurança energética, a equidade no acesso à energia, a sustentabilidade ambiental e ainda a solidez política, social e económica existente em cada mercado. Ora, Portugal perdeu pontos, na avaliação do World Energy Council, essencialmente nas áreas da segurança energética e da sustentabilidade ambiental.

Depois de em 2013 ter ocupado o lugar 23 do índice do World Energy Council, intitulado “Energy Trilemma Index”, Portugal recuou em 2014 para a posição 25 e este ano passou a figurar no 34º lugar, sendo ultrapassado por países como a Hungria, Lituânia e Itália.

O World Energy Council explica que no caso português este ano “o rácio entre produção e consumo de energia piora, as perdas na distribuição e no transporte aumentam e as reservas petrolíferas totais diminuem, levando o desempenho do país em termos de segurança energética a baixar”.

O indicador de equidade no acesso à energia tem uma ligeira deterioração no caso português, devido à subida dos preços da eletricidade. E há ainda uma queda na sustentabilidade ambiental devido ao aumento da intensidade energética da economia portuguesa e ao facto de o tempo mais seco ter obrigado a recorrer mais aos combustíveis fósseis para produzir eletricidade (por via da menor disponibilidade das barragens).

Apesar da queda no índice face ao ano passado, o World Energy Council traça um retrato positivo da posição portuguesa, notando que o “balanço energético de Portugal é composto por dois desempenhos razoáveis nas dimensões da segurança energética e da equidade e por um desempenho muito bom na mitigação dos impactos ambientais”.

Com a Suíça em primeiro lugar na lista, a tabela tem na segunda posição a Suécia, surgindo em terceiro lugar a Noruega. Reino Unido, Áustria, Dinamarca, Canadá, França, Finlândia e Nova Zelândia completam o leque de dez países energeticamente mais sustentáveis.